Em tempos em que existe uma profusão de CPI´s (Comissão Parlamentar de inquérito onde casos de corrupção são investigados antes de serem processados pelo Ministério Público), acusãçoes e denúncias em vários setores da sociedade e da economia, as pessoas ficam muito “antenadas” nesse assunto que acaba quase alcançando o assunto “futebol” nas conversas das pessoas.

Vendo a importância e o interesse das pessoas sobre esse assunto, o designer Italiano de jogos, Bruno Faidutti criou o Corruption, um jogo onde a corrupção é o caminho mais curto para o lucro.

Mas você deve estar pensando, “um jogo que ensina a corrupção não é ético nem proveitoso” .Pensando nisso, o autor do Corruption criou cartas-surpresa e recursos onde cada ação ilegal e corrupta estará sujeita a ser desmascarada e com isso, o jogador pode ser penalizado de diversas formas com até sua expulsão do jogo.

O jogo funciona da seguinte forma: Cada jogador representa uma empresa de construção civil que tem interesses em fazer obras de governo e  também construir prédios de alta lucratividade e precisa investir determinadas quantias de dinheiro em pessoas-chave para conseguir os contratos.

Em cada rodada do jogo,  6 novos contratos são colocados na mesa e os jogadores competem entre si, oferecendo quantias em dinheiro secretas para ganhar o contrato.

Ao final das ofertas secretas, ganhará o jogador que tiver oferecido a maior quantia naquele contrato porém, a cada rodada existem cartas especiais que criam armadilhas para quem fez a oferta de corrupção como: denúncias anônimas, ter que dobrar ou triplicar a quantia do suborno, o aparecimento de jornalistas, promotores públicos e policiais que podem desmascarar as fraudes prendendo o corruptor  e outras armadilhas que poderão “quebrar” ou falir o competidor.

O jogo Corruption acaba se assemelhando ao Poker pois a grande estratégia de jogo, não é ganhar com a corrupção mas sim ganhar os contratos de forma mais honesta e derrubar seus oponentes através do blefe, “dando corda para seus oponentes se enforcarem por sí sós“.

Ao final do jogo, vence quem tiver tido o maior lucro nos contratos, que só e alcançado por quem gastou menos dinheiro com subornos.

O Corruption é um jogo para de 3 a 7 jogadores, tem tempo médio de partida de 45 minutos e desrecomenda-se o jogo para crianças e adolescentes.

O jogo foi lançado por seu autor de forma independente é só está sendo vendido, em média por US$ 18,95 (aproximadamente R$ 38,00), no eBay ou no sites das editoras do Jogo, a Atlas Games (nos Estados Unidos) .

 

 

 

 

 

Deixe um comentário