Brasil termina o WSOP 2012 sem bracelete porém com bons prêmios.

Após a eliminação de Nicolau Villa-Lobos no Main Event do WSOP (World series of poker), o Brasil se despediu do importante torneio de poker do mundo.

Com seis premiações, Thiago Decano foi o recordista de ITMs, porém quem mais lucrou foi o luso-brasileiro Fernando Brito. Ao todo, o jogador que nasceu em Angola embolsou US$ 351.014.

Apesar da excelente atuação dos Brasileiros, não conquistamos o bracelete e o Brasileiro que chegou mais perto de conquistá-lo foi o paranense Geraldo Campelo. O jogador fez heads up no Evento 54: No-Limit Hold’em com buy-in de US$ 1.000 e foi derrotado pelo norte-americano Will Jaffe.

Os dois brasileiros que já foram campeões da WSOP participaram da série este ano. André Akkari ficou em 15° lugar no Evento 35: Mixed Hold’em (Limit/No-Limit) e Alexandre Gomes foi o 47° colocado no Evento 47: Pot-Limit Omaha Hi-Low Split-8 or Better.

Myro Garcia foi o primeiro brasileiro a ficar ITM na WSOP. Após a primeira premiação, vieram outras três, e o carioca concluiu a sua participação na série com US$ 15.575 conquistados.

O Brasil também foi muito bem nos torneios exclusivos e, no evento Senior, para jogadores acima de 50 anos, Roberto “Betodalu” Rodrigues ficou com a 24ª colocação e ganhou US$ 18.353. Já Lauriê Tourinier chegou muito perto de fazer a primeira mesa final feminina do Brasil na WSOP. Ela foi eliminada na 12ª posição no Ladies Event e faturou US$ 9.620.

No total, o Brasil conquistou US$ 1.340.187 em premiações, um número bastante expressivo que colocou nosso país em 9o lugar no ranking de países do WSOP.

O Blog MegaJogos parabeniza toda a equipe Brasileira que deu muito trabalho para seus oponentes e mostrou-se como uma das mais unidas e competitivas delegações do WSOP 2012 e que, no ano que vem, deverá trazer vários braceletes para o Brasil.

 

Deixe um comentário