Truco! Pede seis?? Quem nunca falou essa frase blefando que atire a primeira pedra! #euadmito #ouvi12??

Um dos jogos de cartas favoritos nesse nosso Brasil barulhento e alegre, não é de se admirar que o truco faça sucesso por aqui.

Mas você sabia que, na verdade, o jogo tem origem europeia? Não parece, mas é o que conta a lenda sobre a qual vamos falar mais nesse post.

Origem europeia? Truco!

Criado na Inglaterra, com o nome de Put (colocar, em inglês), a história do Truco remonta o século XVII, onde foi motivo de grandes apostas e muitas dívidas entre seus adeptos.

Considerado um jogo arriscado, ele acabou caindo no esquecimento por um tempo, até “renascer” no século XVIII, dessa vez chegando também à França e à Espanha.

Obviamente, cada país criou suas próprias variações do jogo e conta a lenda que temos que agradecer por isso, pois a versão inglesa original não teria sido das mais emocionantes.

Truco Inglês

Segundo a descrição de Charles Cotton, no livro The Compleat Gamester, Trata-se de um velho jogo inglês para dois participantes, que usa um baralho com 52 cartas, seguindo a seguinte hierarquia: 3, 2, A, K, Q, J, 10, 9, 8, 7, 6, 5 e 4, onde os 3 de todos os naipes são as maiores cartas em igual valor e os 4 de todos os naipes são as menores cartas em igual valor.”

Segundo as regras descritas no livro, um dos jogadores embaralha, o outro “corta” e quem embaralhou distribui as cartas uma a uma, começando pelo seu adversário. Cada jogador recebe 3 cartas, que serão necessárias para disputar as 3 rodadas de cada “mão”.

Só ganha a “mão” quem vencer duas rodadas ou quem vencer uma rodada e as outras duas acabarem em empate. 

Se cada jogador ganhar uma rodada e a outra der empate, é chamado de “trick and tie”, e ninguém leva ponto nessa “mão”, bem como se houver empate nas 3 rodadas. 

A “mão” começa valendo 1 ponto, e pode ser aumentada pedindo-se “I PUT”(eu coloco), e a “mão” passa a valer a partida toda, que vale 5 pontos.

Cotton menciona que apenas quem “cortou” o baralho está apto a pedir “I PUT” antes de começar a primeira rodada. 

O autor também diz que é possível jogar com 3 pessoas. Nesse caso, ganha a “mão” quem vencer duas rodadas ou quem vencer uma e as outras duas acabarem em empate. 

Truco na versão dos vizinhos

Depois de ficar por décadas em total esquecimento, o jogo voltou a ser praticado no nordeste da Espanha e no sudoeste da França, onde ganhou novos nomes e novas regras. 

É bem possível que ele tenha chego primeiro na França, em razão dos nomes que recebeu, tais como: Truc, Truck, Tru ou Truka. Truc e Truck significam “truque”.

Na Espanha era chamado apenas de Truc, mas (finalmente) acabou sendo adaptado ao espanhol e passou a chamar-se Truco, que também significa “truque”.

O velho Truc francês era jogado com 36 cartas, usando-se os quatro naipes seguindo a ordem: 7, 6, A, R, D, V, 10, 9 e 8, onde os 7 de todos os naipes são as maiores cartas em igual valor, e os 8 de todos os naipes são as menores cartas em igual valor.

Mais tarde, passou a ser jogado com 32 cartas seguindo a ordem da maior para a menor: 7, 8, A, R, D, V, 10 e 9. O jogo passou a ser praticado por 4 jogadores (duas duplas), porém não perdeu suas raízes, e também era disputado por dois jogadores no mano-a-mano.

Já na Espanha, o Truco foi adaptado ao baralho Espanhol (glória!) e também era disputado entre duplas ou mano-a-mano. 

Desde aquela época, usavam-se 40 cartas na seguinte hierarquia decrescente: 3, 2, 1, 12 (Rei), 11 (Cavalo), 10 (Valete), 7, 6, 5 e 4 de todos os naipes. Vencia a partida quem chegasse primeiro aos 12 pontos.

Como o truco chegou no Brasil?

Conta a mesma lenda, que o truco já existia no Brasil no mesmo período da Inglaterra clássica, tendo sido trazido ao país pelos jesuítas europeus.

Na época o jogo era particularmente mais famoso entre os bandeirantes que exploravam o território de Minas Gerais. 

Porém, com o passar do tempo, o truco passou a ser jogado em diversas regiões do Brasil, recebendo de cada local, uma “contribuição” às suas regras e modo de jogo.

Truco do(s) jeitinho(s) brasileiro

Atualmente, nós temos 3 versões (apenas!) de truco praticadas no Brasil, uma liga profissional e o Dia do Truco, comemorado em 10 de julho. #werulezz

As variações mais famosas são o truco mineiro, o truco paulista e o truco gaúcho ou gaudério.

Em competições oficiais é mais comum ver o truco paulista, cujas regras se aproximam do truco espanhol, valorizando principalmente a liberdade na distribuição das cartas.

Truco online no MegaJogos

Hoje, o Truco é jogado em dezenas de países e, no Brasil, continua sendo sinônimo de muitos berros, blefes, risadas e diversão com os amigos.

Para facilitar ainda mais para quem não dispensa uma partida diária, o MegaJogos criou o truco online e o melhor, em suas três versões!

Por isso, quando quiser muita emoção, descontração e competitividade, visite uma das salas de Truco do MegaJogos e divirta-se jogando ou só assistindo.

E, para variar, fica o convite: una-se a nós e faça parte da maior plataforma de jogos online do Brasil!

Deixe um comentário