É fã de um jogo de cartas italiano? Daqueles bem animados e divertidos, que dão vontade de sair gesticulando e falando alto? Pois você vai gostar dessa novidade: escopa e scopone acabam de ganhar um aplicativo pra chamar de seu!

Isso mesmo, pode pedir uma pizza e avisar os amigos, a festa tá feita. E se você não está familiarizado com esses jogos que soam um pouco como nomes de chefões da máfia, continue lendo esse post para saber um pouco mais sobre essa história.

Escopa: o primeiro de seu nome

Escopa é um dos jogos mais populares na Itália, juntamente com o Briscola e o Scopone. 

Sobre a sua origem, tudo que se sabe é que o escopa já era bastante difundido na terra da pizza no século 18, porém, como, quando e onde exatamente o jogo surgiu permanece um mistério.

Posteriormente, graças aos imigrantes italianos, o escopa se espalhou para outros países, se tornando conhecido na Argentina, Brasil, e em ex-colônias italianas, como Líbia e Somália.

O nome é um substantivo italiano que significa “vassoura”, uma vez que fazer um escopa significa “varrer” todas as cartas da mesa

Assistir a uma partida do jogo pode ser uma atividade altamente divertida, uma vez que tradicionalmente envolve uma gritaria animada, tanto com a boca quanto com as mãos. No entanto, a atenção não pode vacilar, uma vez que habilidade e oportunidade são importantes para o resultado do jogo.

Baralho italiano

O escopa é jogado com um baralho italiano de 40 cartas, divididas em quatro naipes que variam de acordo com a região.

Os baralhos Napolitano, Piacentini, Triestine, e Siciliano são divididos em Coppe (Copas), Ori ou Denari (ouro ou moedas), Spade (espadas) e Bastoni (Paus). 

Enquanto os baralhos Piemontesi, Milanesi e Toscane usam termos franceses: Cuori (Copas), Quadri (Diamantes, literalmente “Quadrados”), Fiori (Flores) e Picche (Espadas, literalmente “Piques”).

Os valores nas cartas variam numericamente de um a sete, mais três cartas com figuras em cada naipe.

Ao jogar com um baralho padrão de 52 cartas, 12 cartas precisam ser removidas. O mais fácil é tirar as cartas com figuras e, portanto, jogar com cartas que variam numericamente de um a dez. 

O mais comum, no entanto, é remover os oitos, noves e dez do baralho, o que resulta no baralho “milanês” de 40 cartas. 

Como jogar Escopa

O objetivo do jogo é combinar uma carta da mão com uma ou várias da mesa para fazer o maior número de pontos e alcançar, antes dos oponentes, a pontuação selecionada no início da partida: 11, 16 ou 21. 

O jogo começa com 3 cartas sendo distribuídas para cada jogador e 4 cartas colocadas à mostra na mesa.

À sua vez, cada jogador deve baixar uma carta da mão. Se a  carta for igual à outra carta na mesa, ou a combinação de duas ou mais cartas da mesa for igual ao valor da carta jogada, a carta baixada e a(s) da mesa vão para o monte do jogador. Se não houver combinação possível, a carta baixada fica na mesa à disposição do próximo jogador. 

Se a mão ou a mesa oferecem mais de uma opção de jogo (duas ou mais combinações possíveis) para a carta baixada, é obrigatório pegar a combinação que tem o menor número de cartas.

Por exemplo, ao jogar um rei, que tem valor 10, o jogador pode pegar uma combinação de cartas cujos valores somam 10, desde que não haja outro rei na mesa. Neste caso, é obrigado a formar a menor combinação possível, que é rei com rei.

Quando todos os jogadores terminam suas cartas, automaticamente são distribuídas mais 3 para cada um e isto se repete até o maço acabar.

Ao final de cada mão é feita a contagem de pontos e, em seguida, começa uma nova mão. 

Para o placar final, soma-se todos os pontos obtidos em cada mão. Ganha quem alcançar primeiro a pontuação máxima escolhida no início da partida.

Variações do Escopa

Existem muitas variações do escopa e muitas delas podem ser combinadas. Por exemplo, uma variante comum na área de Milão combina “Scopone Scientifico”, “Scopa d’Assi” e “Napola”.

Vamos ver algumas das versões mais populares:

Scopa d’Assi 

Nesta variação do jogo, quando um participante joga um Ás ele recolhe todas as cartas na mesa (e não conta como uma escopa).

Pode acontecer que um Ás já esteja na mesa quando se tira um Ás. As regras variam quanto ao fato de o jogador pegar ou não todas as cartas, mas geralmente, o jogador pega apenas o Ás que já está na mesa. Este evento, que todo jogador deve tentar evitar, é denominado queima de um ás.

Scopone scientifico

O Scopone é uma versão do escopa na qual cada participante recebe 9 cartas e as 4 restantes são viradas sobre a mesa. 

A meta é conseguir os pontos estabelecidos para a partida (normalmente 16).

Napola

Nesta variação (também conhecida como Scopone trentino), a dupla que captura o ás, dois e três de ouro consegue o Napola e recebe pontos adicionais iguais à maior carta de ouro consecutiva que obtiver. Por exemplo, se uma equipe consegue o ás, dois, três, quatro, cinco e oito de ouro, essa equipe recebe 5 pontos adicionais.

Por causa do maior número de pontos atribuídos, o jogo termina quando uma equipe faz 21 pontos, em vez de 11. Se uma dupla conseguir todas as cartas de ouro em uma única rodada, ela vence o jogo imediatamente.

Escopa e Scopone no MegaJogos

Bateu a vontade de jogar? Faça login agora no app do MegaJogos e aproveite que facilitamos ainda mais para você acessar seus jogos favoritos.

Temos esses e muitos outros jogos de cartas italianos, franceses, americanos e tudo mais que você possa imaginar à sua disposição.

Chame os amigos, peça a pizza e prepare-se para horas de pura diversão!

 

Deixe um comentário